Ronaldo

 

Nem tudo que reluz é ouro. (Mas reluz!)



Textos



Um outro sol.

Recolha as tuas palavras,
Só as use para a caridade,
Não torne tua alma escrava,
Pratique o bem de verdade...

Vigie os teus pensamentos,
Só os use para boas obras,
Evite os inúteis lamentos,
Você tem bondade de sobra...

Das coisas de vez desapegue,
Use-as no teu adiantamento,
Seu tesouro do céu jamais negue,
E nem ao teu próximo o alento...

Liberte-se do teu invólucro, 
Suba a mais alta montanha,
Afaste-se desse sepulcro, 
É a tua alma quem ganha...

Dispa-se dos maus instintos,
Que te iguala aos vis animais,
Afasta-te dos letais labirintos, 
E dos traiçoeiros punhais...

Esteja envolto em puro amor, 
Seja a aura que a tudo permeia, 
Seja o antídoto de todo rancor,
Seja a luz que a tudo clareia,
Seja sol onde falte o calor,
Seja o bem que jamais escasseia.









 
Ronaldo Aparecido Silva
Enviado por Ronaldo Aparecido Silva em 11/12/2019


Comentários


 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras