Ronaldo

Nem tudo que reluz é ouro. (Mas reluz!)

Textos

Teatro de operações.

“Às vezes quando entendemos que a vitória está perdida, pode ser-nos o recuo que necessitamos para planejarmos um outro avanço, onde sem dúvidas, não mais abriremos tanto a guarda.
Guerras aferem o animus dos guerreiros, mas sempre haverá os que precoce e sorrateiramente delas se debandam. Nas próximas, há que sermos mais estratégicos e menos emocionais. Batalhas são jogos de se jogar com ilações, ataques às fraquezas e muita frieza, eis que jamais serão vencidas com sonhos.
-Ali sim cessam-se as musas e sucumbem-se as belezas, ali, longe dos aplausos, jazem os poetas.”
Ronaldo Aparecido Silva
Enviado por Ronaldo Aparecido Silva em 19/12/2017
Alterado em 19/12/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras